fbpx
Logo Clinica LHR
telefone   +351 211 974 400 |  whatsapp
Logo Clinica LHR
Confira os tipos de Transplante Capilar e saiba qual é o melhor!

Voltar a artigos

Como é feito o transplante capilar? Quais são as técnicas mais eficazes? E qual o melhor transplante capilar?

São algumas das perguntas frequentes de quem procura uma solução para a calvície.

Ao longo deste artigo vamos esclarecer estas e outras dúvidas sobre o transplante capilar, as vantagens e desvantagens de cada técnica de transplante para entender qual é o melhor procedimento de restauração capilar.

Após a leitura, ficará a saber tudo sobre os vários tipos de transplante.

O transplante capilar e as suas diferentes técnicas

O transplante capilar é uma cirurgia na qual se obtém folículos capilares do próprio paciente para implantar numa região desprovida de cabelo ou com perda de densidade.

Este procedimento cirúrgico divide-se em duas etapas: fase de extração e fase de implantação.

Para cada uma das fases existem diferentes técnicas com vantagens e desvantagens.

Os tipos de transplante capilar variam de acordo com a combinação entre as técnicas de extração e implantação que são aplicadas.

1. Técnicas de extração capilar

FUT (Follicular Unit Transplant)

O FUT ou transplante de unidade folicular é um procedimento cirúrgico invasivo em que se usa anestesia local.

Após definir a área dadora, que por norma é a zona da nuca, é realizada uma incisão linear na pele para remover uma porção de pele.

Depois da extração, faz-se a sutura do local, deixando uma marca evidente e pouco estética.

As unidades foliculares recolhidas no enxerto são separadas com o uso do microscópio e de seguida implantadas na zona calva em incisões pré definidas.

Acima de tudo, nesta técnica de transplante capilar verifica-se a ausência de harmonia no efeito final, devido à falta de textura e às imperfeições deixadas pelos cortes.

Este método é, por isso, ultrapassado por técnicas mais modernas e passou a ser pouco utilizado nas clínicas de transplantes capilares.

FUE (Follicular Unit Excision)

O transplante capilar com a técnica FUE consiste na extração de cada unidade folicular uma por uma, sem deixar qualquer marca visível após a cicatrização.

Este método é mais seguro e menos invasivo que o FUT graças à sua tecnologia inovadora que dispensa o bisturi.

Desta maneira, o risco de infecções nas suturas é reduzido e evita-se as irregularidades na pele.

A técnica FUE pode ser feita de duas formas:

FUE manual

Com este procedimento obtém-se uma quantidade razoável de unidades foliculares, mais ou menos alta, conforme as características da zona dadora de cada pessoa.

Porém, esta é uma técnica morosa e dependente do profissional que a executa.

Quanto ao resultado deste transplante capilar, observa-se as mesmas desvantagens do FUT, pouca naturalidade e densidade dispersa.

FUE automatizado

Neste procedimento capilar a extração folicular é feita com a utilização de um robô, permitindo aumentar o número de colheitas e reduzir o tempo da cirurgia.

Contudo, este método tem mais riscos do que o manual pela falta de sensibilidade e precisão do robô em relação à área dadora.

2. Técnicas de implantação capilar

Implantação com incisões prévias

Nesta técnica, a implantação é precedida pela realização de incisões no couro cabeludo de forma a criar um “poro” artificial que vai alojar o folículo. Estes são colocados com a ajuda de uma pinça ou de um implantador manual.

Assim, com este método de implantação capilar vão notar-se todos os pontos onde estão os implantes, podendo o aspecto final ficar pouco estruturado e aquém das expectativas do paciente. A recuperação é mais lenta.

FDI (Follicular Direct Implant)

A seguir à separação de cada unidade folicular, o implante capilar é realizado através de FDI, sigla que em português significa implante folicular direto.

Desta forma, os enxertos são injetados no couro cabeludo sem necessidade de pré-incisões, tornando todo o processo menos invasivo.

No final, o paciente vai ficar com um transplante capilar sem falhas estéticas e respeitando a direção natural do seu cabelo.

A nossa técnica de transplante capilar: FUE Premium!

O FUE Premium é um método de transplante capilar desenvolvido na Clínica LHR para oferecer um serviço único e exclusivo.

O objetivo é garantir que o paciente se sinta confortável, sem receios e sempre acompanhado pela equipa ao longo de todo o processo.

Na Clínica LHR é usada a técnica de extração FUE com instrumentos elétricos que tornam o trabalho mais rápido, mas ao contrário do FUE automatizado, a precisão do processo é do total controlo dos especialistas.

Numa só sessão é possível realizar uma grande colheita de unidades foliculares sem danificar a área dadora.

Nesta restauração capilar está incluída a recolha de sangue do paciente para preservar o plasma rico em plaquetas. Este será depois utilizado para ajudar na cicatrização, regeneração e formação de novos vasos sanguíneos.

Os enxertos depois de separados e identificados são implantados através da técnica FDI com implantadores de utilização única e de diâmetro inferior a 1 milímetro.

O melhor transplante capilar e onde fazer!

Saber quais são os tipos de transplante capilar, as suas vantagens e desvantagens permite decidir qual é a técnica que quer para si e escolher o local que disponibiliza essa opção.

Além disso, é fundamental a confiança no empenho e paixão dos profissionais para alcançar um resultado final natural.

Na Clínica LHR pode contar com:

  • A vasta experiência do Dr. Augusto Guerreiro, diretor clínico, e do Dr. Jorge Freitas, médico especialista na área da dermoestética e transplantes capilares;
  • Os benefícios do transplante capilar FUE Premium.

O primeiro passo é a marcação da consulta de avaliação sem compromisso, para analisar a sua situação em particular, discutir as expectativas reais e as soluções mais adequadas, quer seja o transplante capilar ou tratamentos capilares.

Marque já a sua consulta na Clínica LHR

Doutor Augusto Guerreiro

Dr.Augusto Guerreiro

Saber mais sobre o Doutor

Siga-nos nas Redes Sociais

Comentar

Siga-nos nas redes sociais

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado.