fbpx
Logo Clinica LHR
telefone   +351 211 974 400 |  whatsapp
Logo Clinica LHR
6 dicas para um transplante capilar de sucesso!

Voltar a artigos

O transplante capilar é uma solução para a queda de cabelo que tem vindo a ser muito procurada. O principal motivo é devolver ao rosto a sua “moldura” para melhorar a auto-estima da pessoa e a sua relação com os outros.  

Se está a ponderar realizar um transplante capilar, descubra neste artigo as dicas dos nossos especialistas para um procedimento seguro e com resultados naturais. 

 

 

1. Conheça o médico que irá realizar o transplante capilar. 

Em primeiro lugar, para fazer o seu transplante capilar é preciso escolher a clínica e conhecer o médico e a equipa que realizam a cirurgia. Procure recomendações e peça opiniões para sentir confiança e segurança na sua decisão. 

Apesar de ser um procedimento minimamente invasivo, não deixa de ser uma cirurgia que deve ser feita por médicos especialistas em transplantes capilares, experientes e com paixão pelo que fazem. 

 

 

2. Tenha expectativas realistas em relação ao transplante capilar.

Por vezes, as clínicas prometem resultados espectaculares que nem sempre correspondem à realidade, generalizando todos os pacientes. Porém, é preciso entender que cada caso é único e deve ser tratado como tal. 

Na Clínica LHR cada plano de transplante capilar é único, o desenho é elaborado com base nas linhas do rosto e no formato do couro cabeludo do paciente para obtermos o resultado mais natural. 

E, procuramos sempre encontrar um equilíbrio realista entre os objetivos do paciente e as suas possibilidades para evitar defraudar as suas expectativas. 

 

3. Opte por orçamentos que refiram a quantidade de unidades foliculares.

Em primeiro lugar, é necessário perceber que no transplante capilar são transplantadas unidades foliculares e não fios de cabelo. 

Por norma, cada unidade folicular tem cerca de 1 a 3 cabelos ou mais, dependendo de cada paciente. Por isso, o orçamento deve indicar o valor referente à quantidade de unidades foliculares e número de sessões necessárias para o seu transplante capilar. 

É importante saber que numa sessão é possível implantar no máximo entre 4000 a 4500 unidades foliculares. Estes números são viáveis em clínicas que utilizem tecnologia de ponta e tenham uma equipa grande, experiente e bem coordenada. Caso contrário, os números são inferiores. 

Orçamentos que indiquem mais de 4500 unidades foliculares por sessão, são pouco confiáveis. 

 

4. Saiba que nem todos são bons candidatos a transplante capilar. 

O primeiro passo para a realização do transplante é a marcação de consulta para avaliar se é um bom candidato/a ao transplante capilar. 

A principal condição para ser um bom candidato a transplante capilar é a zona dadora ter capacidade para cobrir a área calva, sem ficar danificada. 

No entanto, há outros fatores que podem influenciar o resultado da avaliação, como: 

A queda de cabelo. Por exemplo, para situações em que as causas são temporárias o transplante capilar não é a opção correta, uma vez que a queda é reversível.

O couro cabeludo. A condição do couro cabeludo pode ditar um adiamento da cirurgia em caso de lesões ou um mau candidato a transplante capilar se existirem cicatrizes de grande relevo.

A calvície. A extensão das falhas de cabelo e a progressão da queda podem ser impeditivas se deixarem a zona dadora incapaz de oferecer resultados naturais.

 

5. Entenda que a alopécia é progressiva.

A alopécia é uma condição que enfraquece o cabelo de forma generalizada e progressiva, dando origem a uma queda definitiva.

Então, o transplante capilar é a solução?

Sim, se as condições mencionadas no ponto anterior estiverem reunidas. Contudo, poderá existir a necessidade de fazer novas sessões ou complementar o transplante com tratamentos capilares. 

O sucesso do transplante capilar dependerá do tipo de alopécia. A avaliação personalizada e assertiva é fundamental para um diagnóstico correto sobre as opções do paciente, assim como para a previsão dos resultados a longo prazo. 

 

6. Perceba que a zona dadora é limitada.

É importante que o médico especialista faça uma gestão segura da zona dadora, senão poderá ficar sem fonte para a extração de unidades foliculares se esgotar os recursos ou causar danos irreversíveis.

 

Quero realizar um transplante capilar! E, agora?

Agora que já sabe quais as condições para que o transplante capilar seja um sucesso, recomendamos que venha conhecer a Clínica LHR e a nossa equipa especializada dedicada à restauração cirúrgica capilar, cuja paixão e compromisso é oferecer resultados naturais, num ambiente seguro e tranquilo. 

Marque uma consulta de avaliação de transplante capilar gratuita e descubra como funciona o nosso protocolo exclusivo, Fue Premium, com acompanhamento personalizado desde o primeiro momento e durante 12 a 18 meses após o transplante capilar. Conte connosco para um atendimento de confiança e de qualidade comprovada.

Marque já a sua consulta na Clínica LHR

Doutor Augusto Guerreiro

Dr.Augusto Guerreiro

Saber mais sobre o Doutor

Siga-nos nas Redes Sociais

Comentar

Siga-nos nas redes sociais

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado.