fbpx
Logo Clinica LHR
telefone   +351 211 974 400 |  whatsapp
Logo Clinica LHR
O transplante capilar dói? Descubra a resposta a esta e outras questões sobre o procedimento

Voltar a artigos

O transplante capilar é um procedimento que visa corrigir problemas de falta de cabelo em homens e mulheres. No entanto, ainda suscita algumas dúvidas nas pessoas que o procuram, como por exemplo: o transplante capilar dói? É um procedimento cirúrgico e invasivo? Qual é o tempo de recuperação? Para saber a resposta a estas e outras questões, continue a ler este artigo.

 

Transplante capilar: em que consiste o procedimento?

O processo de transplante capilar destina-se a todas as pessoas que lidam com problemas de queda de cabelo irreversíveis. Tem como objetivo a cobertura de áreas com falha de cabelo através da implantação de folículos capilares retirados de uma zona com elevada densidade capilar e menos propícia à queda de cabelo.

Existem duas técnicas de transplante capilar: a FUT e a FUE. A FUE é a técnica mais utilizada e será sobre ela que nos iremos debruçar.

 

Técnica FUE

A técnica FUE, Follicular Unit Extraction, é a técnica de transplante capilar mais atual e utilizada hoje em dia. O procedimento é feito sem qualquer corte, com as unidades foliculares a serem retiradas da área dadora, através de micro punches, sendo depois inseridas na zona com menor densidade capilar. Esta técnica previne a formação de cicatrizes e não deixa marcas visíveis.

 

O transplante capilar, ou implante capilar, dói?

Não, o transplante capilar não causa dor. Para entender o porquê disto, descrevemos de seguida o processo do transplante capilar em detalhe:

 

Passo 1: Preparação das áreas dadora e recetora

Neste passo, é feita a raspagem do cabelo do paciente e é definido o desenho de implantação. Este último passo é essencial para uma boa implantação estratégica das unidades foliculares.

Passo 2: Anestesia

A anestesia é aplicada na área onde irá decorrer o procedimento. Este processo é praticamente indolor e possibilita um transplante sem dor.

Passo 3: Extração

Este procedimento é feito com instrumentos precisos, de forma a não gerar cicatrizes visíveis e não danificar a área dadora. As unidades foliculares são separadas e classificadas por grupos, contadas e colocadas numa solução de conservação. São depois mantidas refrigeradas a uma temperatura constante entre os 3 e os 4ºC. Este processo, dependendo do número de unidades foliculares a extrair, pode durar entre 2 a 4 horas.

Passo 4: Implantação

Cada unidade folicular recolhida é implantada de forma manual e reencontra o meio natural para poder continuar a gerar novos ciclos capilares. As unidades foliculares são injetadas diretamente no couro cabeludo respeitando uma orientação natural, sem incisões prévias, sem dor e sem cicatrizes.

Passo 5: Crescimento

A cicatrização do couro cabeludo após o procedimento ocorrerá após 15 dias. Até à 3ª/4ª semana, o cabelo irá crescer, mas também irá cair, devido ao trauma causado no folículo e na fase do seu ciclo. Após este período de queda, que pode durar até 3 meses, os novos cabelos irão começar a crescer de forma gradual, até ao 12º ou 18º mês, altura em que o resultado pode ser definitivo. Uma vez que os cabelos conservam o seu património genético original, o resultado estético é para a vida. No entanto, carece ainda de acompanhamento ao longo dos anos.

 

Qual é o tempo de recuperação?

Como referimos acima, o tempo de recuperação do couro cabeludo será de, mais ao menos, 15 dias, no entanto os dias mais importantes em que se recomenda repouso são os 4 seguintes. Pode haver uma queda transitória dos fios transplantados, mas ao fim de 6 meses começam-se a observar os primeiros resultados. O resultado definitivo é visível após 12 a 18 meses.

 

É um procedimento cirúrgico e invasivo?

Apesar de não ser invasivo, o transplante capilar é um procedimento cirúrgico, que exige até a execução de certos exames médicos, (habitualmente análises de sangue) antes da sua realização. É por isso que, na Clínica LHR, todos os transplantes capilares são feitos por uma equipa de médicos especializados e enfermeiros. Desta forma, garantimos que todos os procedimentos contam com uma equipa clínica capaz de fazer face às exigências de um procedimento cirúrgico delicado.

 

O transplante capilar pode ser feito em homens e mulheres?

Sim, qualquer pessoa pode submeter-se a um transplante capilar, desde que tenha critério.

 

Transplante Capilar na Clínica LHR: um procedimento de excelência

Na Clínica LHR, queremos garantir que quem se submete a um procedimento de transplante capilar o faz sem receios e com o menor nível de dor possível. O seu bem-estar é a nossa prioridade.

O FUE Premium, procedimento exclusivo e aperfeiçoado pelos nossos profissionais, conta com algumas das melhores técnicas do mercado:

  • Realizado por médicos com auxílio de enfermeiros;
  • Anestesia local administrada durante o procedimento;
  • Extrações de 1000-1200 unidades foliculares/hora;
  • PRP durante a cirurgia (ajuda na cicatrização, recuperação e formação de novos vasos sanguíneos);
  • Cuidados pós-operatórios com kit completo da Uriage;
  • Assistência pós-operatória 24/7 por uma equipa médica;
  • Acompanhamento de resultados ao longo de 12 a 18 meses.

Ainda tem dúvidas? Marque já a sua consulta de avaliação de transplante capilar gratuita, coloque-nos todas as suas questões e dê um passo em frente na recuperação da sua autoestima.

Marque já a sua consulta na Clínica LHR

Doutor Augusto Guerreiro

Dr.Augusto Guerreiro

Saber mais sobre o Doutor

Siga-nos nas Redes Sociais

Comentar

Siga-nos nas redes sociais

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado.